Professores devem ter prioridade na vacinação contra a Covid-19, diz a UNESCO

Rússia: professores temem exigência de tomar vacina contra a covid-19 antes  do fim dos testes

 

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) pediu na segunda-feira (14) aos governos que priorizem os professores no acesso às vacinas contra a Covid-19, ao considerar que estes profissionais devem ser tratados como trabalhadores da “linha de frente”, informou a agência France Press.

“Ao ver os avanços positivos em relação à vacinação, acreditamos que os docentes e o pessoal de apoio à educação devem ser considerados grupo prioritário”, disse a chefe da UNESCO, Audrey Azoulay, em mensagem conjunta em vídeo com o director da organização de docentes da Internacional da Educação (IE), David Edwards.

Azoulay e Edwards destacaram que, quando as escolas e outros centros educacionais foram fechados para evitar a propagação do vírus, os docentes e o pessoal de apoio continuaram a trabalhar.

À medida que as aulas migraram para a internet, “reinventaram a forma como ensinamos e aprendemos”, disseram. E nos locais em que as escolas reabriram, os Professores regressaram “corajosamente” às salas de aula.

Destacando que as escolas são “insubstituíveis”, a UNESCO, com sede em Paris, e a IE, com sede em Bruxelas, pediram que os Professores estejam entre os primeiros da fila para ser vacinados.

Fonte: AUTONOMIA SINDICAL

+ Sobre Educação

Este blog foi criado por um aluno do Ensino Básico, com objetivo de informar e ajudar a comunidade educativa, partilhando opiniões, notícias e materiais de apoio. Este espaço foi criado a 17 de julho de 2020, durante as férias de verão. Esta casa tem vindo a crescer dia-a-dia e espero ficar aqui durante longos anos. facebook blogger

Enviar um comentário

Todos os comentários, são sujeitos a moderação.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de Contacto