Ensino à distância. Governo cria canal televisivo para alunos do 10.º ao 12.º anos


Esta foi a solução encontrada pelo governo para resolver o atraso na entrega de computadores.


O governo vai anunciar a criação de um canal televisivo de ensino à distância para os alunos do 10º ao 12º ano.


Os blocos pedagógicos vão estar acessíveis na posição 8(canal 8 no continente, 9 nas ilhas) da TDT e no canal 444 do cabo. Desta forma, os alunos do secundário sem acesso à internet vão poder seguir as aulas pela TV. O ensino secundário não estava incluído na programação do Estudo em Casa, transmitido na RTP Memória.

"Deste modo, o #EstudoEmCasa passa a estar disponível na televisão, do 1.º ao 12.º anos de escolaridade, de segunda a sexta-feira, com a função de reforçar as aprendizagens num contexto síncrono e/ou assíncrono, quer para o trabalho autónomo dos alunos, quer para o enriquecimento dos recursos didáticos dos professores, cumprindo-se a maior parte das componentes curriculares dos cursos científico-humanísticos (do 10.º ao 12.º ano) e dos cursos profissionais (do 1.º ao 3.º ano)", pode ler-se numa nota envida à SIC Notícias.

Esta foi a solução encontrada pelo governo para resolver o atraso na entrega de computadores.


Fonte: https://www.google.com/amp/s/amp.sicnoticias.pt/especiais/coronavirus/2021-02-07-Ensino-a-distancia.-Governo-cria-canal-televisivo-para-alunos-do-10.-ao-12.-anos 

+ Sobre Educação

Este blog foi criado por um aluno do Ensino Básico, com objetivo de informar e ajudar a comunidade educativa, partilhando opiniões, notícias e materiais de apoio. Este espaço foi criado a 17 de julho de 2020, durante as férias de verão. Esta casa tem vindo a crescer dia-a-dia e espero ficar aqui durante longos anos. facebook blogger

Enviar um comentário

Todos os comentários, são sujeitos a moderação.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de Contacto