Escolas privadas também vão ter testes rápidos



O Governo vai implementar testagem à Covid-19 “em todos os estabelecimentos de ensino e respostas sociais de apoio à infância, incluindo os privados, anunciaram, esta quarta-feira, o Ministério do Trabalho e o Ministério da Educação.

Em comunicado, destaca-se que, “seguindo as orientações da Direção-Geral da Saúde e a orientação conjunta sobre o programa de rastreios laboratoriais para SARS-COV-2 nas creches e estabelecimentos de educação e ensino – e na sequência da autorização de despesa, aprovada em Conselho de Ministros no último domingo, para a realização de testes à Covid-19 a alunos e pessoal docente e não docente”, será implementado o processo de testagem (testes rápidos de antigénio periódicos) em todas as escolas e creches, incluindo os privados.

Inicialmente, tinha sido sinalizada a exclusão deste últimos, uma vez que a despesa aprovada em Conselho de Ministros, este fim de semana, servia apenas para a aquisição de serviços de realização de testes rápidos de antigénio no ensino público e nas respostas sociais de apoio à infância do setor social e solidário. PSD e CDS questionaram o Governo sobre esta “discriminação”, que o Governo acabou por desfazer esta quarta-feira.

O Governo lembra também que “o processo de testagem em escolas foi desencadeado no final de janeiro, tendo já permitido a realização de mais de 64.000 testes, apesar da transição para o ensino à distância causado pela evolução da pandemia”.


Fonte: ECO

+ Sobre Educação

Este blog foi criado por um aluno do Ensino Básico, com objetivo de informar e ajudar a comunidade educativa, partilhando opiniões, notícias e materiais de apoio. Este espaço foi criado a 17 de julho de 2020, durante as férias de verão. Esta casa tem vindo a crescer dia-a-dia e espero ficar aqui durante longos anos. facebook blogger

Enviar um comentário

Todos os comentários, são sujeitos a moderação.

Postagem Anterior Próxima Postagem

 

Formulário de Contacto