Estamos a reorganizar o nosso site. Podem surgir algumas dificuldades em aceder ao site.

Prometemos ser breves.

 

 

Escolas permanecem abertas mesmo nos concelhos que não avançam no desconfinamento

 




Apesar de 11 dos concelhos portugueses não avançarem no processo de desconfinamento, o ensino secundário e superior avança para as aulas presenciais e os restantes anos permanecem abertos nesses municípios. 

A maioria do país vai avançar para uma nova fase de desconfinamento a partir de segunda-feira. Ainda assim, há 11 concelhos em Portugal que não avançam para a próxima fase de desconfinamento. Assim, Aladroal, Albufeira, Beja, Carregal do Sal, Figueira da Foz, Marinha Grande e Penela não avançam para a próxima fase de desconfinamento. Moura, Odemira, Portimão e Rio Maior recuam mesmo no processo.

De qualquer forma, nestes 11 concelhos as aulas no ensino secundário e superior avançam para o regime presencial e os restantes anos permanecem aberto, tal como tinha noticiado o PÚBLICO. 

“Como foi dito desde o princípio e consta da recomendação do conjunto de especialistas que contribuirão para o desenho deste desconfinamento as medidas relativas ao sistema educativo serão sempre medidas de âmbito nacional. E, portanto, em todos os concelhos, inclusive aqueles que ficam retidos na actual fase e também naqueles quatro que recuam para a fase anterior não há qualquer alteração. E, portanto, também nesses concelhos não só se manterão abertas as escolas que têm estado abertas como também abrirão as escolas do ensino secundário e as escolas do ensino superior. Aí não haverá qualquer alteração”, disse António Costa.

A medida significa que todos os alunos e professores do ensino secundário deixam o ensino à distância, mas o mesmo pode não acontecer no ensino superior, uma vez que as universidades e institutos politécnicos têm autonomia para decidir como será o regresso ao ensino presencial.


Fonte: Publico

+ Sobre Educação

Este blog foi criado por um aluno do Ensino Básico, com objetivo de informar e ajudar a comunidade educativa, partilhando opiniões, notícias e materiais de apoio. Este espaço foi criado a 17 de julho de 2020, durante as férias de verão. Esta casa tem vindo a crescer dia-a-dia e espero ficar aqui durante longos anos. facebook blogger

Enviar um comentário

Todos os comentários, são sujeitos a moderação.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de Contacto