Viseu | Três funcionárias foram despedidas das escolas - Jornal do Centro



O Sindicato de Todos os Professores (STOP) denuncia a dispensa de pelo menos três funcionárias de escolas de Viseu a menos de uma semana do arranque do novo ano letivo.

O número foi avançado pelo coordenador nacional do sindicato, André Pestana. Em declarações ao Jornal do Centro, o sindicalista diz que as funcionárias dispensadas eram “assistentes operacionais que tinham experiência e formação na área”.

“Estavam na eminência de entrarem no quadro e isto é prejudicial para elas e para os colegas que não foram despedidos e que vão sentir falta da experiência e formação daquelas que vão sair”, afirma.

André Pestana alerta que os restantes colegas vão sofrer uma sobrecarga de trabalho com o despedimento das funcionárias em causa, mesmo que chegue novo pessoal para substitui-las.

“Mesmo que entrem outros trabalhadores vindos de outras áreas como os lares, as caixas de hipermercado e a limpeza – e nós não estamos contra porque há de facto uma falta crónica de pessoal não-docente –, os colegas que não foram despedidos vão ter uma sobrecarga de trabalho porque quando alguém chega novo a um local e não tem experiência nem formação, é preciso ter algum tempo de adaptação para mostrar as dinâmicas da escola”, explica.

O sindicalista considera este caso “inadmissível” e diz que os alunos também vão sofrer com estes despedimentos.

“Muitos dos nossos alunos estão ainda em idades muito precoces e isto vai prejudicar até em particular os estudantes com necessidades educativas especiais, que estavam a contar e tinham uma relação afetiva com estes profissionais que vão ser substituídos por outras pessoas sem experiência e formação”, frisa.

André Pestana diz que este caso é um exemplo da “injustiça” que considera ser a municipalização “que o STOP já tinha alertado há muito tempo” e da transferência de competências pela tutela.

O STOP tinha marcado para esta quinta-feira (9 de setembro) uma concentração junto ao Ministério da Educação, em Lisboa. As aulas do novo ano letivo começam entre 14 e 17 de setembro.


Fonte: Jornal do Centro

/* Button Night Mode*/ .btn-nightmode{position:fixed;float:left;z-index:99;bottom:20px;left:20px;font-size:15px;padding:10px;border-radius:50%;background:#00A3FE;text-align:center} .btn-nightmode svg{width:24px;height:24px;vertical-align: -5px;background-repeat: no-repeat !important;content: ''} .btn-nightmode svg path{fill:#fff} .check {display: none} .btn-nightmode .iconmode .openmode{display:block} .btn-nightmode .iconmode .closemode{display:none} .btn-nightmode .check:checked ~ .iconmode .openmode{display:none} .btn-nightmode .check:checked ~ .iconmode .closemode{display:block} /* Night Mode */ .Night{background:#202124;color:rgba(255,255,255,.9)} .Night blockquote,.Night kbd{background:#17181a;color:rgba(255,255,255,.9)}

+ Sobre Educação

Este blog foi criado por um aluno do Ensino Básico, com objetivo de informar e ajudar a comunidade educativa, partilhando opiniões, notícias e materiais de apoio. Este espaço foi criado a 17 de julho de 2020, durante as férias de verão. Esta casa tem vindo a crescer dia-a-dia e espero ficar aqui durante longos anos. facebook blogger

Enviar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de Contacto