Crianças que contactem com caso positivo na escola não ficam em isolamento

 

Crianças que contactem com caso positivo na escola não ficam em isolamento – ECO (sapo.pt)

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, esclareceu esta quarta-feira que crianças que tenham um contacto com um caso positivo de covid-19 na escola não ficam em isolamento.

Em declarações à agência Lusa, Graça Freitas disse que só são considerados contactos de alto risco as crianças que vivam na mesma casa que alguém com covid-19, pelo que ficam isoladas, já que não têm reforço da vacina.

“Nós, por norma, vamos considerar as crianças apenas contacto de alto risco se forem coabitantes de um doente”, pelo que essa criança fica isolada, porque “é um contacto domiciliário e as crianças não têm reforço”, explicou a diretora-geral da Saúde.

Uma criança com um contacto com um caso positivo na escola não fica em isolamento, disse Graça Freitas à Lusa, acrescentando que o que se pede aos pais é que sejam reduzidos os contactos e convívios e que essas crianças, dependendo da idade, usem máscara. As crianças que ficam na escola fazem um teste ao terceiro dia, adiantou.

André Rodrigues

Este blog foi criado por um aluno do Ensino Básico, com objetivo de informar e ajudar a comunidade educativa, partilhando opiniões, notícias e materiais de apoio. Este espaço foi criado a 17 de julho de 2020, durante as férias de verão. Esta casa tem vindo a crescer dia-a-dia e espero ficar aqui durante longos anos. Sou estudante e no futuro pretendo ser professor. facebook blogger

Enviar um comentário

Todos os comentários, são sujeitos a moderação.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de Contacto