Perguntas e respostas sobre a covid-19 para o regresso às aulas - VISÃO Júnior

 


Partilho convosco um artigo da Visão Júnior com perguntas e respostas sobre as novas regras para o regresso às aulas. 

Bom regresso e bom 2.ºperíodo para todos. 😁😉

Fica o artigo:


 Visão | Perguntas e respostas sobre a covid-19 para o regresso à escola (sapo.pt)

    O novo referencial para controlo da covid-19 em contexto escolar, da Direção-Geral de Saúde, foi lançado na última quinta-feira. A principal alteração prende-se com o facto de passarem a ser considerados contactos de alto risco apenas as pessoas que vivem na mesma casa. Só esses terão de ficar em isolamento (mas se tiverem as três vacinas, ou seja, se já tiverem levado a dose de reforço, ou se tiverem tido covid-19 nos últimos 6 meses, não têm de fazer isolamento). Eis os pontos mais importantes do referencial:

  • No caso de um caso positivo na turma, os outros alunos vão continuar a ir à escola. A turma deixará de ficar em isolamento.
  • Se um colega de turma, um professor ou um auxiliar estiver infetado com covid-19, os alunos dessa turma deixam de ser considerados contactos de alto risco, como acontecia até agora. São agora contactos de baixo risco, não tendo de ficar em isolamento.
  • Nestas situações, há que ficar atento aos sinais relacionados com a doença, como febre, tosse ou aumento da tosse, perda do olfato ou do paladar, dores no corpo, etc. Se se manifestarem, deve contactar a linha 808 24 24 ou o médico.
  • Quando há um caso positivo na turma, os outros alunos devem fazer um teste até ao 3º dia depois do último contacto com essa pessoa. Pode ser um teste rápido de antigénio ou um PCR.


O que fazer quando haja um caso de covid confirmado na turma do seu filho?

  • Ele deve continuar ir à escola.
  • Quando há um caso positivo na turma, os outros alunos devem fazer um teste até ao 3º dia depois do último contacto com essa pessoa. Pode ser um teste rápido de antigénio ou um PCR.
  • Deve ficar atento a sinais como dores de garganta, febre, tosse ou aumento de tosse, que podem ser sintomas de covid-19.
  • Quando é que o seu filho não deve ir à escola?
  • Se alguém que vive na mesma casa do que ele tiver sido infetado, não pode ir à escola e tem de cumprir isolamento profilático.
  • Se o aluno tiver algum dos sintomas associados à covid-19 (mais tosse do que habitual, febre, dores de garganta, etc.) não deve ir à escola.


O que fazer caso haja um caso confirmado de covid em sua casa?

  • O seu filho não pode ir à escola.
  • A pessoa doente deve isolar-se, ficando no quarto, usando máscara sempre que tiver de lá sair e cumprindo todas as regras definidas pela Direção-Geral de Saúde.
  • O seu filho vai ficar 7dias em casa, se não tiver sintomas.
  • Vai receber uma declaração de isolamento, que deve enviar para a escola.
  • Deve fazer um teste até ao 3º dia depois de ter tido contacto direto com a pessoa infetada. Se o resultado for positivo, aplicam-se as medidas de um caso confirmado de covid-19. Se fizer um autoteste e o resultado for positivo, pode registar o seu resultado no sítio da Direção-Geral de Saúde.
  • Tem de fazer um novo teste ao 7º dia depois do contacto. Pode ser um teste antigénio realizado na farmácia. Se o resultado for negativo, está terminado o período de isolamento.

Estas regras aplicam-se a todas as pessoas que vivam na mesma casa e que não tenham as três doses da vacina ou não tenham tido covid-19 há menos de 6 meses.


O que deve o meu filho levar para a escola e que regras tem de seguir a escola?

  • As crianças com mais de 10 anos são obrigadas a usar máscara, tal como acontecia até agora. Os alunos do 2º ciclo, independentemente da idade, têm também de usar máscara. As máscaras não são obrigatórias no recreio, mas são aconselhadas quando se juntam muitas pessoas.
  • Nas crianças do 1º ciclo, é recomendado o uso de máscara, mas não é obrigatório.


Mantêm-se também as outras medidas de prevenção que se seguiam até agora:

a) idealmente um metro de distância entre alunos dentro da sala de aula, sempre que possível;

b) arejamento dos espaços fechados, seja tendo a janela ou a porta abertas, seja usando aparelhos de ar condicionado;

c) áreas marcadas no recreio, de forma a que as crianças não se misturem todas (as chamadas ‘bolhas’);

d) os horários de entrada e de saída da escola serem desfasados, por ‘bolhas’;

e) circuitos marcados dentro da escola;

f) a desinfeção das mãos, lavando-as ou usando gel desinfetante.

g) desinfeção dos espaços


Caso o seu filho tenha covid-19

  • Não pode ir à escola nem deve sair de casa.
  • Deve ter todos os cuidados, tentando que mais ninguém seja infetado
  • Se não tiver sintomas ou tiver sintomas ligeiros, tem de ficar em casa 7 dias. No final dos 7 dias, pode retomar a vida normal, sem necessidade de um teste.
  • Se tiver sintomas ligeiros ou moderados, terá de ficar em casa 10 dias. No final desse período, não precisa de fazer um teste.
  • Pode consultar o Manual para as Famílias, elaborado pela Direção-Geral de Saúde.

André Rodrigues

Este blog foi criado por um aluno do Ensino Básico, com objetivo de informar e ajudar a comunidade educativa, partilhando opiniões, notícias e materiais de apoio. Este espaço foi criado a 17 de julho de 2020, durante as férias de verão. Esta casa tem vindo a crescer dia-a-dia e espero ficar aqui durante longos anos. Sou estudante e no futuro pretendo ser professor. facebook blogger

Enviar um comentário

Todos os comentários, são sujeitos a moderação.

Postagem Anterior Próxima Postagem

 

Formulário de Contacto