Nível 1 e 0 | Como os peritos do Infarmed nos querem proporcionar a libertação (não total mas quase) da pandemia

 


Raquel Duarte, especialista da Administração Regional de Saúde do Norte, começou por sublinhar que "Portugal é um dos países que têm menos medidas restritivas, tendo apostado em medidas como o uso de máscaras". Frisando "fatores protetores" e "ameaças" à população, salienta que "estamos em situação de passar ao nível de menos medidas restritivas", que divide em dois níveis:


NÍVEL 1:

- Testagem: manter o modelo de vigilância, com testagem em população de maior vulnerabilidade, funcionários de pré-escolar, locais de maior risco de transmissão, sintomáticos em contexto de diagnóstico;

 - Máscara obrigatória em:

          - locais interiores públicos;

          - serviços de saúde;

          - profissionais que lidem com populações vulneráveis;

          - transportes públicos e TVDE;

          - locais de grande densidade populacional no exterior.

- Trabalho: sem restrições;

- Estabelecimentos comerciais: sem restrições;

- Bares e discotecas: sem restrições;

- Fronteiras: isenção de teste para quem tenha certificado válido, restantes pessoas têm de fazer PCR ou antigénio nas 24 horas anteriores;

- Certificado digital: certificado em contexto de saúde ocupacional;


-----

"Estamos no momento ideal para passar a medidas de nível 1, sendo que se deve fazer avaliação quinzenal para avançar para o nível 0."

-----


NÍVEL 0

- Testagem: manter o modelo de vigilância, sem limitações no acesso a estabelecimentos comerciais;

- Máscara: sem obrigatoriedade, mas promovendo a utilização perante sintomas ou perceção de risco;

- Trabalho: sem restrições;

- Estabelecimentos comerciais: sem restrições;

- Bares e discotecas: sem restrições;

- Fronteiras: mantêm-se as regras internacionais;

- Certificado digital: sem limitações.


Fonte: CNN Portugal

André

Entusiasta pela área da educação, podemos dizer que é uma paixão. No futuro pretendo ser professor, mais precisamente da disciplina de história. facebook blogger

Enviar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de Contacto