Ano letivo vai começar sem medidas COVID-19

Horários desfasados, uso de máscara ou corredores de sentido único, medidas que vigoraram nas escolas durante a pandemia, vão deixar de existir a partir de setembro. De acordo com o Ministério da Educação (ME), citado pelo Público, o próximo ano letivo vai decorrer sem qualquer medida de combate à Covid-19.

Tendo em conta a fase atual da pandemia e a norma da Direção-Geral da Saúde (DGS) que está em vigor, “compete a cada um o cumprimento de medidas não farmacológicas de prevenção de infeção”, justifica o ministério tutelado por João Costa, acrescentando que está em “permanente articulação” com a DGS “no sentido de aplicar quaisquer outras medidas que venham a ser determinadas, fruto da evolução da pandemia”.

Os diretores das escolas, no entanto, ainda não terão recebido uma comunicação oficial do Governo de que não vão existir limitações no ano letivo que se inicia em setembro. O presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (Andaep), Filinto Lima, defende que “é preciso que haja uma comunicação do ME ou da DGS, da entidade competente, a atualizar sobre as medidas para a organização escolar”.




Vê isto...

Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem