Um Resumo das Negociações de Hoje

  • Fenprof admite chamar primeiro-ministro às negociações.
  • Reunião entre Governo e S.TO.P. termina sem acordo
  • Terminou sem acordo a reunião entre a Fenprof e o Ministério da Educação. O secretário-geral do sindicato, Mário Nogueira, fala em propostas "inaceitáveis"
  • Fenprof acusa ministro da Educação de estar "a dormir".
  • Greves da FENPROF e do S.TO.P vão continuar.
  • Deverão ser decretados serviços mínimos a partir de dia 1 de fevereiro.
  • Nova manifestação para dia 28 de janeiro convocada pelo STOP
  • Ministro da Educação pede "bom-senso" aos sindicatos
  • João Costa referiu que fez um "apelo ao fim da greve"
  • Revelando que recebeu uma convocatória do Ministério para uma reunião esta tarde para discutir a existência de serviços mínimos a partir de 01 de fevereiro, André Pestana lançou o repto para a mobilização: "Temos de encher Lisboa novamente antes de 01 de fevereiro. Por isso, apontem: dia 28, sábado, antes de começarem os serviços mínimos, novamente do Marquês até ao Terreiro do Paço. O nosso terreno é este".

Greve dos professores: reunião entre Governo e S.TO.P. termina sem acordo - SIC Notícias (sicnoticias.pt)


Professores mantêm greves e Governo quer serviços mínimos a partir do próximo mês - CNN Portugal (iol.pt)


Ministro da Educação pede "bom-senso" aos sindicatos e critica "formas extremadas de lutas" - CNN Portugal (iol.pt)


Fenprof recebeu proposta "inaceitável" e admite prolongar greve - CNN Portugal (iol.pt)


Apesar das negociações, professores marcam nova manifestação para 28 de janeiro - CNN Portugal (iol.pt)


"É inaceitável". Fenprof reage a propostas do Governo e diz que as greves dos professores vão continuar  - CNN Portugal (iol.pt)

Vê isto...

Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem